Exame PKDF 

Gatos afetados pela deficiência de PK desenvolvem anemia. A anemia  podendo ser intermitente, a idade de início é variável e os sinais clínicos também são variáveis. Os sintomas desta anemia podem incluir letargia grave, fraqueza, perda de peso, icterícia e aumento abdominal.

Isso não é contagioso, e sim  genético, o problema é tão desconhecido até mesmo entre os veterinários no Brasil e em muitas partes do Mundo. 

Prevenção 

A única forma de Prevenção é testar o DNA do gato antes dele ser escolhido como reprodutor. esse teste tem sido feito por criadores sérios do mundo todo em um laboratório em DAVIS no Estado da Califórnia.

como o Gene em questão é formado recebendo  uma parte de pai e outra da mãe, podendo ser saudável ou não ele é classificado com Duas letras. N para copia negativa e K para copia positiva 

Um gato Normal é: PKDF: N/N  esse é um gato saudável  ele não porta e não transmite. 

Um gato Normal* :PKDF: N/K se trata de um gato normal que nunca vai ficar Anêmico por deficiência de PK, mas ele transmite o gene.

Um gato afetado é: PKDF: K/K (a gravidade dos sintomas não pode ser prevista e pode ser variável. Eles irão transmitir esta variante de deficiência de PK para todos os seus descendentes.) 

Resumindo, se você busca um animal de estimação um exame N/N do pai ou da mãe te garantirá que o filhote não terá deficiência de PK.

©2022 Gatil Dsabre, Especializado na criação de gato bengals há mais de 10 anos

  • whatsapp